Bolsas Santander Futuro

Caros estudantes,

Estão abertas as candidaturas para uma nova edição do Programa de Bolsas de Apoio Social Santander Futuro (BOLSAS SANTANDER FUTURO), destinada aos estudantes do 1.º ano dos ciclos de estudo do IPCA.

O prazo de candidaturas termina no dia 18 de abril, devendo os interessados submeter a candidatura na plataforma digital das bolsas Santander.

De seguida apresentam-se as principais disposições que regem a atribuição das BOLSAS SANTANDER FUTURO.

  1. Objetivos

As BOLSAS SANTANDER FUTURO são destinadas ao apoio a estudantes de Instituições de Ensino Superior beneficiárias de mecenato do SANTANDER, onde se inclui o IPCA, e têm como objetivo contribuir para uma estabilidade financeira potenciadora de um melhor desempenho escolar por parte dos beneficiários

  1. Número e valor das bolsas

Serão atribuídas 10 BOLSAS SANTANDER FUTURO no valor unitário de 500,00€.

  1. Plataforma para submissão das candidaturas

As candidaturas são exclusivamente submetidas através da plataforma www.bolsas-santander.com

  1. Condições de elegibilidade

a) Inscrição válida no º ano de um curso técnico superior profissional, licenciatura ou mestrado, devendo estar inscrito a, pelo menos, 30 ECTS;

b) Mérito escolar. Os candidatos, deverão demonstrar aproveitamento no ano letivo anteriormente frequentado (condição aplicável apenas para os estudantes cujo ingresso no ensino superior não tenha sido no ano letivo 2020/2021);

d) Rendimento anual pessoal ou familiar per capita, conforme IRS de 2019, igual ou inferior a 22 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais (IAS), correspondendo, na Edição deste Programa, ao valor total de 9.653,82 € (Nove mil seiscentos e cinquenta e três euros e oitenta e dois cêntimos).

e) Apresentação de prova de situação económico-financeira que conduz o aluno à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos.

  1. Documentos necessários à candidatura

– Modelo 3 do IRS de 2019;

– Documentação que poderá ser apresentada para comprovar a situação económico-financeira do agregado familiar do candidato: documento comprovativo de situação de desemprego, extrato de remunerações da Segurança Social, declaração da Segurança Social em como não recebe prestações sociais/pensões, Modelo 22 do IRC, Certidão do Registo Comercial, despesas com créditos (exemplo: crédito à habitação), valor de outras bolsas (exemplo: bolsas de estudo da DGES)

NOTA: Estes documentos deverão ser anexados no campo “Outros documentos solicitados pela Instituição de Ensino Superior” em formato de ficheiro

  1. Avaliação e seriação das candidaturas

– As candidaturas são avaliadas e seriadas por uma Comissão nomeada pelo IPCA especialmente para este efeito;

– As candidaturas serão ordenadas de acordo com a situação económico-financeira dos candidatos, de forma crescente.

  1. Atribuição das BOLSAS SANTANDER FUTURO

– As BOLSAS SANTANDER FUTURO serão atribuídas aos 10 primeiros candidatos da lista de seriação;

– A lista dos candidatos a quem foram atribuídas BOLSAS, será divulgada através do portal www.bolsas-santander.com, bem como por todos os meios digitais e físicos habituais e através de mensagem por correio eletrónico para todos os candidatos.

– Os beneficiários terão de manifestar a sua intenção de utilizar a BOLSA atribuída, bem como a aceitação das regras implícitas nos termos indicados no ato de inscrição no portal.

– Se um candidato decidir não prosseguir com a aceitação da BOLSA, essa será atribuída ao candidato seguinte da lista de seriação.

– As BOLSAS SANTANDER FUTURO serão pagas, aos beneficiários, pelo IPCA, através de transferência eletrónica para uma conta bancária em nome de beneficiário da bolsa no SANTANDER.

Para informações adicionais, contactar os Serviços de Ação Social do IPCA.